Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Casinha da horta

Blog sobre cultivo, pecuária, culinária etc...Biológico

Casinha da horta

Blog sobre cultivo, pecuária, culinária etc...Biológico

Seg | 15.04.13

Amoras, framboesas, groselhas e companhia...

silvia lima

  Amoras(as foto abaixo algumas não são minhas, mas são fieis ás variedades descritas, a minha máquina fotográfica avariou novamente , entretanto porei aqui das minhas,já tenho quem me empreste camera)

Vou começar pelas amoras de variedades que tenho em casa em vasos.

 

Rubus fruticosus

 

Quem é que nunca andou ás amoras quando era pequenino?E elas picavam bem! Graças a Deus que o Homem inventou as amoras sem espinhos!Existem inúmeras variedades, as precoces, que começam a sua produção no princípio da primavera, as semi-precoces e as tardias.

 Vou falar das que tenho, como trato delas e que vantagens têm.

 

 

 

Black Satin

 

Não há nada melhor do que começar as colheitas do que com esta amora precoce no quintal! Elas são grandes e gordas!Começa a florescer por vezes em Março, como foi este ano, e a apanha dá-se por volta do mês de junho até setembro e inclusive outubro!Tem um tempo de colheita alargado o que gosto.

 Esta variedade é vigorosa e até produtiva, as frutas são grandes, um pouco adocicadas e aciduladas ao mesmo tempo, o fruto é mole.

Boa escolha para se usar em pastelaria em doces, tartes, e doces de conserva por ser produtivo e acidulada.Também se podem fazer sumos.

 

Variedade sem espinhos, tornando a colheita mais fácil.

Esta amora é muito vistosa podendo ser usada nos jardins, um pouco de sulfato de ferro apartir de Dezembro, no mês de Março, em julho e setembro dará muita saúde á planta, e ela fica lindíssima,nunca pôr nenhum tipo de adubo ou outro produto na hora da plantação a não ser: humus de minhoca ou estrume completamente compostado, outras coisas irão queimar as raízes.Convém esperar cerca de dois meses depois de a transplantar ou plantar para lhe dar algum tipo de suplemento.

Não gosta de estar com as raízes encharcadas, mas não é exigente a nível de ph nem de consistencia de solo.

 

No fim da época de frutificação, apartir de Novembro até ao mês de março cortar as estacas que frutificaram até 1 cm do solo,os ramos que frutificaram este ano, darão origem a novos pézinhos, á medida que estes forem crescendo coloque uma estacas fininhas ou canas fininhas para que se endireitem e amarre as novas estacas para que não tombem apartir de 20cm mais ou menos, mas não aperte muito!Deixe uma folga para que cresçam e engrossem.

 

     

 

   Black satin em floração, as flores são cor de rosa(foto quinta tropical)

 

 

 

 

 

 Amora black Satin em formação(foto quinta Tropical)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Amora Loch Ness

 

Esta é outra variedade que adquiri, também não tem espinhos, li em qualquer lado que pode produzir 10kg por pé, mas só vendo porque é o primeiro ano que a tenho e já li muitas coisas de muitas plantas que no fim de contas não batem certo.

A distancia de plantação tem de ser de 1,50 metros entre elas, devido ao seu vigor á sua produção e envergadura(porte)

É muito usada na pastelaria francesa como decoração pois é muito brilhante, negra e emite uns reflexos violeta e azuis lindos.Cada baga pesa cerca de 4 gr.

Tem um crescimento fenomenal, os novos rebentos chegam a crescer 50cm por semana e as minhas estão dentro de um vaso médio!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Amora-Framboesa Tayberry

 

Cruzamento entre amora e framboesa

Cresce em média cerca de 1.50m,por vezes pode atingir os dois, ou mais metros, depende da alimentação, do espaço ; se está em vaso grande ou pequeno, se está na terra, etc...

 

É espinhosa e de porte frágil, as folhas são muito "tenras"  e os caules finos se compararmos com as amoras mansas ou até com framboesas.

O fruto é alongado e bonito.Dizem ser boa fonte de minerais, entre eles cálcio e magnésio, a distancia de plantação convém não ser menor do que 70cm entre elas.Eu daria mais espaço de plantação caso não a estacasse e conduzisse o seus ramos finos para cima, os seus ramos têm grande crescimento e precisam de pelo menos dois ou três metros para se espalharem pelo chão.O ideal quanto a mim é não deixar os ramos crescerem pelo chão e deixa-la crescer em altura para que os frutos não se sujem e para se ganhar espaço.O fruto pode ser comparado ao da framboesa e pode ser até mais saboroso do que algumas variedades de framboesa.

 O crescimento de novos rebentos é visível de dia para dia , tirando o seu aspeto frágil é resistente á doenças, ela após a produção de fruto e poda, dá uma boa produção de rebentos novos, o que é interessante e rentável, pois esses darão fruto no ano seguinte.De um pé fazem-se imensas estacas em apenas dois anos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

groselha vermelha

ribes rubrum

 

 

Variedade junkeer van tets(vermelha)

 

É uma das mais vigorosas, a floração dá-se por volta de abril e a colheita em junho.

Calibre grande, o aspecto  dos frutos são longos cachos vermelho-vivos ligeiramente acidulados, o sumo é escuro.

Tenho dois pés desta variedade e já propaguei estacas novas.

Pode cultivar-se em vaso, as raízes das groselheiras vermelhas são até muito superficiais, logo o interessante é estar num vaso mais largo do

que profundo.Os frutos colhem-se quando passarem de rosa a vermelho escuro e colhe-se o cacho inteiro.

 

Pode-se ter a groselheira podada em forma de árvore, deixando crescer uma estaca única até certa altura e ramificar como uma árvore, pode-se deixar ramificar logo junto ao solo como as groselheiras negras obtendo um arbusto denso e com grande produção ou deixar crescer um cordão único junto a uma parede por exemplo se não tiver largura para poder ramificar, este método pode ser usado nos passeios onde passa o carro para as garagens junto á parede, em canteiros estreitos, é também uma boa forma de se fazer uma sebe-gulosa.

Aliás todos os frutos desta página podem ser usados como sebe.

O único senão das groselhas é demorar a dar frutos, as minhas plantei-as no outono e não deram fruto esta primavera-Verão, se demorarem a instalar o sistema de raizes elas atrazam a produção, mas se tivermos cuidado com as raízes no transplante pode até de ter sorte.É uma questão de sorte.As groselhas pretas então podem por vezes demorar dois anos a dar fruto depois de se instalarem.

 

 

 

 

 

 

 

 

Framboesas

 

Variedade Heritage

 

Estou satisfeita com esta variedade, desde março que está cheia de botões prestes a abrir, é produtiva e remontante , dá uma produção durante um tempo pára e recomeça mais tarde até ao outono.

Gosto do seu porte, muito erecto, quase nem precisa de suporte, a não ser que esteja muito carregada de fruta, o que pode acontecer. porque é muito produtiva.

Os frutos são bons, doces e menos ácidos comparados com outras variedades, são médio-grandes.São daqueles frutos silvestres que a par dos morangos e algumas espécies de framboesa podem-se comer ao natural, sem ser preciso adicionar açucar.

 Também gosto desta espécie porque dá muitos rebentos novos, é uma das poucas framboesas que dá muita produção de novos rebentos.

 

FRAMBOISIER HERITAGE

 

 

 

 

 

Framboesa amarela fall gold

 

Tenho já alguns pézitos a produzir desta framboesa,já faz três anos, são amarelas redondinhas muito mais doces do que as variedades cor de rosa, a fallgold começa a produzir entre junho e setembro.Vale a pena experimentar cultivar porque são muitissimo doces e não se vêem á venda.

Esta framboeseira alcança uma altura de 1,20 cm, no máximo, a frutificação dá-se nos ramos que nasceram no ano anterior, nota-se que são mais velhos pois são castanhos, os deste ano são verdes na base, e só para o ano darão flores, esta regra é para todos os frutos vermelhos que acima falei, amoras inclusivé.

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.