Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Casinha da horta

Blog sobre cultivo, pecuária, culinária etc...Biológico

Casinha da horta

Blog sobre cultivo, pecuária, culinária etc...Biológico

Seg | 17.03.14

Feijoa

silvia lima

 

 

Outono 2013

 

 Aqui está o meu arbusto de feijoas já na fase de engorda do fruto, dizem ser necessário duas espécies diferentes para polinizar, mas eu só tenho uma, e este primeiro ano deu apenas duas flores e ambas flores deram frutos, estão agora do tamanho de duas azeitonas.

 Em setembro começou a desenvolver novas folhas e parece-me que tenho outra vez mais três flores pequeninas. Penso eu que estas flores vieram muito fora da época, por isso não sei se irão dar fruto.

 

 

 

A minha feijoa e o meu medronheiro vieram em mau estado, tinham a doença da mancha negra, ou pinta preta, os dois, resolvi compra-los porque estavam baratos devido á sua condição e porque eu sabia que poderia salva-los.

 Estávamos na primavera, fiz de imediato um tratamento de choque, com um húmus líquido rico em azoto natural e potássio na dose certa,1 tampa para cada 3 litros de água, os húmus são ricos em materias orgânicas, aminoácidos e ricos em bactérias benéficas para o solo, repeti o tratamento 1 semana depois e passado uns dias pus umas bolinhas de sulfato ferroso, retirei as folhas infectadas pela doença e passado um mês a doença desapareceu por completo até hoje, e assim espero que continue.

As duas plantas estavam com as raízes congestionadas, quase não tinham terra no vaso, quero dizer com isto que muitas doenças começam pelo estado do solo, das raízes,etc... e não pela parte aérea.

Os adubos químicos nestes casos não salvam  plantas, temos de encontrar um alimento com substâncias para lhes dar capacidade de luta contra os fungos.

Têm sido usados preparados á base de ascophyllum nodosum, uma alga vulgarmente encontrada na nossa costa litoral, que tem mostrado o seu poder tanto para lutar contra doenças criptogâmicas como contra alguns predadores com resultados excelentes. Resultado: mais vigor e mais fruto, li um estudo sobre a aplicação na cultura do  milho e achei que de facto é espectacular.

 Aqui na zona onde vivo isto era uma prática frequente, os moliceiros tiravam o moliço (algas) da ria e vinham com um tractor trazê-las a casa.

Encorporavam-se no solo, estas ricas em bacterias beneficas, cálcio e outros nutrientes tornavam o solo melhor.

 

 

 

 

 

Actualização primavera 2014

 

A goiaba serrana ananãs (feijoa) já está com alguns botões, este ano vieram mais cedo, o arbusto deu uma pulada grande o alimento principal deve ser rico em nitrogénio, este m~es já levou uma boa dose de "adubo" de galinha.